09 – Juízes vs GOT.

Sou cristão desde quando nasci e ainda permaneço nessa minha fé e não penso em mudar ou sair dela, mas uma das coisas que sempre me contaram como pessoas heroicas, mas nem tanto e que chegou a me assustar se passa no livro de Juízes na bíblia.

Quando era criança participava de alguns eventos em minha antiga igreja na qual se nomeava de congressos, e havia uma música lá que os meninos competiam com as meninas e a parte do refrão que os meninos cantavam era “Quem dera eu ser como Sansão” e por muito tempo acabei cantando esse refrão sem ao menos saber do conteúdo do livro em que Sansão estava relacionado.

Então em 2012 acabei mudando de igreja e ali encontrei incentivo para que em 2013, pela primeira vez da minha vida, ler a bíblia inteira e para ajudar a programar a leitura tínhamos um cartão que nos ajudava a marcar quantos capítulos tínhamos que ler para podermos lê-la durante o ano inteiro e onde fiquei muito ansioso para ler o livro de Juízes.

Antes da metade do ano eu já tinha chegado ao livro que tanto queria ler, muitas perguntas pairavam na minha cabeça, como o povo de Israel se tornou infiel a Deus, como que os juízes assumiram o governo do povo durante esse tempo, como foram as suas acessões e como acabaram se tornando heróis lembrados pela nação de Israel até os dias de hoje?

Bom o livro começa dando sequência ao livro anterior que é Josué o que mostra que a nação de Israel tinha ficado em paz com Deus e não tinha se misturado com as outras nações, fazendo aquilo que agrada aos olhos deles, o que acontece é que com o passar do tempo e com a morte de Josué e dos líderes de Israel que tinham Josué como líder o povo de Israel ficou sem uma referência certa e acabou se misturando com os outros povos.

Deus não gostando dessa atitude do seu povo o castigou, assim como todo bom pai faz, colocando as nações para reprimir seu povo, porém quando seu povo clamava por misericórdia e se arrependia, Deus com todo amor levantava alguém em seu povo para os libertarem de algum povoado que o estivesse oprimindo e essa pessoa acabava se tornando um Juiz.

E quando eu terminei de ler o livro a minha cara era exatamente essa:

Nhonho_impressionante

Sim a minha cara era essa mesmo do Nhonhô, fiquei pensando comigo mesmo “Velho esse livro não era para estar aí não, é como se GOT estivesse dentro da bíblia” cara tudo isso eu estava lendo em um livro dentro da minha própria bíblia, para quem estava lendo a bíblia inteira pela primeira vez foi uma baixa surpresa.

Já tinha lido alguns livros da bíblia, mas sempre um livro aqui outro lá, mas nunca tinha pego para ler ela de cabo a rabo e quando eu vi o final do livro eu achei aquilo totalmente fora do padrão na minha igreja se falaria que a religiosidade chocou a realidade.

No livro de Juízes encontrei várias pessoas que se tornaram heróis de uma nação, mas tive a plena certeza de que elas eram humanas e cheio de erros, muitos erros, igualmente o que acontece em GOT quando se pode ver que as atitudes de alguns podem interferir totalmente no decorrer da história.

Se o texto até aqui fez você querer parar tudo e começar ler o Livro de Juízes, recomendo que pare de ler aqui e siga quando terminar de ler porque citarei algumas partes do livro no qual se você ler não terá a mesma experiência que eu no livro, vai ser a mesma coisa que a assistir o episódios um, dois e três e já saber que o Anakin Skywalker é o Darth Vander.

Quando eu li o livro de Juízes pela primeira vez a minha “religiosidade” levou várias pancadas e a última foi muito pior e cara se GOT faz você ficar chocado quer dizer que tu nunca leu este livro ainda.

Nesse livro de apenas 21 capítulos nem sendo um dos maiores da bíblia nem de longe vemos vários assassinatos, pai matando filho, filho matando pai, irmãos entrando em guerra contra irmãos, esposas traindo maridos por negociação de guerra entre nações, mulheres matando reis, olhos sendo arrancados por multidão e vários outros aspectos assustadores para alguém que cresceu ouvindo “Quem dera ser como Sansão”.

Juízes não é um livro romântico onde o tudo que começa bem tem que terminar bem, pelo contrário Juízes termina de um jeito que eu nem sei se há algum escritor nessa terra que teria a coragem de criar um ato em seu livro igual em realidade foi feito neste livro.

A parte em que a concubina de um certo senhor em Israel é estuprada e violentada durante a noite toda em uma região da tribo de Benjamim e ao chegar de manhã ao abrir a porta ela cair morta aos pés do seu senhor me fez sentir calafrios e o sangue frio do seu senhor em cortar a mulher em doze pedaços e mandar para todas as tribos de Israel sobre o ocorrido fez eu pensar se realmente eu estava lendo a minha bíblia e não um livro do George Martin, mas não, eu estava lendo a minha bíblia.

Muitas intrigas e reviravoltas aconteceram em Israel até que houvesse um rei, assim como acontece em GOT hoje, é por isso que no decorrer da história de Juízes e bem no final do livro você lê várias vezes essa frase: “Naqueles dias não havia rei em toda a terra de Israel, e cada pessoa fazia o que lhe parecia direito.”

Não havia a certeza de esperança em Israel até que Davi sentou no trono e firmou Israel como nação fazendo do seu filho Salomão um dos maiores reis que já passaram por esse planeta colocando Israel definitivamente no mapa, assim como acontece em Westeros quando John Snow sentar no trono de ferro.

Leia Mais: A Façanha de John Snow:

Um ponto meu agora como cristão é que quando a ausência de Deus em algum lugar coisas como aconteceram na tribo de Benjamim passa a se tornar normal, pois se Deus nos deu a justiça e o padrão do que é certo ou errado sem ele o que isso se tornaria? Nada.

Definitivamente foi isso o que aconteceu com a nação de Israel durante a época dos Juízes, tudo tinha virado uma terra sem lei e não havia mais a fé em qualquer coisa, repare a frieza que para mim foi surreal que o homem corta a sua concubina em pedaços e depois ainda manda todos os pedaços para todas as tribos de Israel gerando a maior guerra civil que a nação de Israel já teve.

Bom pessoal espero que tenham entendido a postagem e se você como eu quando leu Juízes teve o mesmo impacto, comenta aí embaixo.

É isso pessoal e até mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s